Amo meus filhos mas ser mãe cansa…

A verdade nua e crua sobre ser mãe é: ser mãe cansa!

Ok, eu já falei que ser mãe é bom pra c$&#% mas em nenhum momento eu falei que era fácil… E é justamente por isso que a função pode cansar muitas vezes.

Ser mãe cansa...

Ser mãe cansa…

O paradoxo da maternidade

E há um paradoxo absurdo nisso: Parece que ao nascer um bebê aquela mãe tem que ser perfeita para uma função que nunca exerceu. Veja bem: fácil né?

E além de ser perfeita precisa dar conta dos palpites alheios, das situações que mudam a cada segundo com o bebê e ainda da sua vida que foi mudada completamente.

Você ama aquela criança, você ama tudo o que ela está te proporcionando de aprendizado e satisfação pessoal, você ama a rotina de cuidados, mas não ama a cobrança para retomar sua vida pre maternidade, nem para que a criança durma logo na sua cama ou que você desmame logo essa criança.

Essa cobrança dos outros (ou muitas vezes nossa mesmo) de se superar, de ser a melhor mãe do mundo, de ter uma família perfeita é o que cansa na maternidade.

Somos humanas, falhamos, aprendemos, recomeçamos. A vida é assim, um eterno work in progress, e com filhos, um aprender fazendo… O tempo todo.

Amo ser mãe mas estou farta das cobranças. Elas não cessam quando a criança desmama ou desfralda, quando começa a andar ou vai pra escola, nem quando é alfabetizado ou escolhe suas atividades extra-curriculares, nem seus amigos ou estilo musical…

A cobrança da maternidade é o que cansa no fato de ser mãe, e haja amor para relevar essas cobranças diariamente.

Porque a gente ama os filhos e quer deixá-los livres, criá-los para o seculo XXI e seres humanos melhores e mais felizes, sem preconceitos e menos complicados, mas as cobranças continuam sendo do século passado (ou retrasado).

Precisamos lembrar da máxima de que cada um pode levar a vida que escolher, que somos diferentes e que é a sociedade contemporânea que permite essa multiplicidade… Por que encaixar todo mundo nas caixinhas que já não existem mais?

Ser mãe cansa

Vamos curtir a maternidade, amar os filhos, criá-los com amor para que todas as mães realmente amem seus filhos e amem também ser mãe, com seu estilo próprio é sem cobranças.

Que tal?

Bjs
Lele

3 comentários em "Amo meus filhos mas ser mãe cansa…"

  1. Gabriela disse:

    Clap, Clap, Clap!

    O fato de estarmos cansadas e lutar contra um monte de interferências indesejadas que vem de fora, não faz com que amemos menos nossos filhos ou a maternidade!

  2. Muito bom Lele, você simplesmente resumiu nesta frase: “A cobrança da maternidade é o que cansa no fato de ser mãe, e haja amor para relevar essas cobranças diariamente.” E é bem por aí mesmo, haja amor, haja paciência para conseguir lidar com todas as interferências e intercorrencias diárias, já bastando a cobrança pessoal natural. Parabéns! Beijos.

  3. Adri disse:

    Texto perfeito que encaixa na realidade em que estamos vivendo e presenciando dia a dia.
    Concordo com você Lele. Bora curtir, cobrar menos e julgar menos ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana