Antes que acabe: Outubro Rosa

Outubro Rosa
Imagem: divulgação

Outubro é o mês da prevenção ao Câncer de Mama. Esse movimento começou nos EUA, na década de 90 e rapidamente se espalhou pelo mundo. Seja com a distribuição dos laços cor de rosa, seja com as iluminações dos monumentos das cidades ou ainda com corridas de rua que mobilizam mulheres de várias faixas etárias por essa causa.

Eu acho muito legal ter um mês específico para isso mas fico ansiosa para que as ações se propaguem e a conscientização atinja um tempo de permanência maior na lembrança das mulheres principalmente porque hoje, segundo dados do Ministério da Saúde, o câncer de mama é a segunda maior causa de morte entre as mulheres no Brasil.
O diagnóstico precoce aumenta em 95% as chances de cura desse tipo de câncer. O auto-exame não é definitivo e conclusivo por isso o governo tem investido em equipamentos para diagnóstico. É fundamental realizar a mamografia anualmente a partir dos 35 anos.
Acho muito legal a movimentação, mas que ela traga consciência, que ela deixe sua marca e modifique quem se envolve. Se o sedentarismo é fator de risco para o câncer de mama, que tal incorporar a atividade física ao seu estilo de vida, ela pode diminuir em até 28% a incidência da doença. Não faça apenas no domingo festivo de outubro, leve isso para o seu dia-a-dia!
E, se você é mãe, ou pretende ser, lembre-se que amamentar diminui entre 10 e 20% o risco da doença. Alimente seu filho com o melhor alimento do mundo, o leite materno, e deixe essa doença mais longe de você!
Este post foi feito às vésperas do fim do Outubro Rosa justamente para tentar ampliar a sobrevida da campanha… pense nisso! O quanto essa campanha impacta você e por quanto tempo? Já marcou sua mamografia do ano?
Fontes: Brasil.Gov e Saúde Terra

Tags: ,

Um comentário em "Antes que acabe: Outubro Rosa"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2020 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana