Favoritos a ganhar a Copa América 2019

As apostas já estão disponíveis. Na Copa América 2019,12 seleções vão disputar o título sul-americano a partir do dia 14 de junho.

Porém, o time que for o ganhador da Copa América 2019, que no caso se refere a 101ª edição da competição. Será apenas revelado no dia 7 de julho quando ocorrerá a final do torneio.

De acordo com as informações oficiais que já foram disponibilizadas, o Brasil será sede oficial do campeonato sul-americano de 2019.

Por ser considerado como a sede para os jogos, é natural que o nosso país lidera a tabela de favoritos. Para ganhar a Copa América 2019, nas melhores casas de apostas, a seleção canarinho tem para as casas grandes chances.

Abaixo, preparamos uma breve análise a respeito de cada um dos participantes do torneio. É aí onde você poderá ver a cotação oferecida pelas principais casas de apostas esportivas.

Está curioso? Então, fique comigo até o final deste artigo e boa leitura.

Equipes participantes da Copa América

  • Brasil
  • Argentina
  • Uruguai
  • Chile
  • Peru
  • Paraguai
  • Bolívia
  • Colômbia
  • Equador
  • Venezuela
  • Japão
  • Catar

Cotações dos favoritos para a Copa América 2019

Seleção favorita Bet365 Sportingbet 22Bet
Brasil 2.25 2.25 2.285
Argentina 5.00 5.00 4.42
Uruguai 8.00 8.00 8.90
Colômbia 9.00 9.00 13.5
Chile 11.00 11.00 11.00
Peru 17.00 17.00 35.00

 

Favoritos da Copa América: Brasil

O fato do Brasil ser a sede da Copa América é o principal fator pelo qual o mesmo se encontra como um dos favoritos.

Entretanto, não é só por esse motivo. O time está preparado, e conta com um trabalho consolidado pelo técnico Tite.

A formação que será utilizada na Copa América deve ser a mesma que foi usada na Copa Mundial na Rússia.

Em amistosos, o técnico resolveu utilizar a mesma formação. Isso mesmo levando em consideração que o Brasil foi eliminado nas quartas de final pela Bélgica.

Favoritos da Copa América: Argentina

A seleção argentina passa por um momento de incerteza nos últimos anos. Afinal, a mesma teve três técnicos diferentes durante a preparação para a Copa do Mundo de 2018.

Para conseguir obter um resultado significativo, desta vez, a Argentina virá com um esquema de jogo tática firme. O intuito de conquistar um domínio de bola maior, aumentando as possibilidades de marcar.

No momento, a dúvida é se Lionel Messi vai fazer parte da seleção na Copa América. Considerado um dos melhores jogadores do mundo de todos os tempos, o craque do Barcelona é esperado pela torcida albiceleste.

Favoritos da Copa América: Uruguai

De acordo com dados oficiais, o Uruguai é considerado como a seleção que obteve uma longevidade eficiente durante o trabalho de preparação.

Depois de um período de indecisão, parece que “el maestro” Óscar Tabarez teve seu contrato renovado.

O time está em uma fase boa. Mesmo sem estar com os seus melhores jogadores, o Uruguai ganhou a China Cup, recebendo o seu título de bicampeão.

Os atacantes Luis Suárez, do Barcelona, e Edinson Cavani, do PSG, não participaram parte do campeonato na China. Sem embargo ambos são aguardados para a Copa América.

Algo que coloca o Uruguai certamente como um dos grandes favoritos neste torneio.

Favoritos da Copa América: Colômbia

A eliminação logo nas oitavas de final durante a copa do mundo da Rússia dificulta a estratégia colombiana.

Levou quase um mês para decidir que não renovaria o contrato com o técnico Juan Néstor Pekérman. O técnico argentino que ficou 6 anos no comando da seleção colombiana foi substituído pelo português Carlos Queiroz.

Devido ao momento de indecisão que o país está vivendo, achar um novo técnico não foi nada fácil. Levou quase seis meses até que finalmente decidiram quem seria o novo técnico.

Carlos Queiroz teve apenas dois amistosos para conhecer a equipe antes de definir de fato a escalação para a Copa América.

Favoritos da Copa América: Chile

Após vencer as últimas duas edições da Copa América, os chilenos aparecem em último na escala de favoritismo para este ano.

O time enfrentou uma reconstrução para que tivesse chance de competir na Copa América depois do fracasso recente. Não conseguir a classificação para o Mundial da Rússia, ano passado, foi devastador para o projeto chileno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana