Fotografia: álbum sensorial

Desde que vi o Álbum Sensorial na TV fiquei MALUCA e pensando… preciso entrevistar esse pessoal!! Eu como designer, scrapper e amante da fotografia newborn fiquei mais do que encantada com esse projeto lindo.

Álbum sensorial

E, claro, consegui a entrevista e trago hoje para você!

O trio, formado pela fotógrafa Marcia Beal, pelo designer Hayaks Winter e pelo fotógrafo e artista visual Marco Escada sensibilizou-se com a história do casal de deficientes visuais assim que chegaram no estúdio.

Álbum sensorial

Na foto o trio criativo: o fotógrafo e artista visual Marco Escada, a fotógrafa Marcia Beal e o designer Hayaks Winter

Márcia é especializada em fotografia newborn há 5 anos e teve uma empatia imediata, pois o casal foi realizar um sessão para sua bebê recém-nascida, e não sabia sobre a deficiência. A fotógrafa sensibilizada pediu ajuda aos amigos para entregar algo diferente. Foi então que, a partir de ideias de todos, chegaram ao resultado do Álbum Sensorial – que mescla fotografia, impressão 3D, impressão em braile e elementos e texturas que fizeram parte do ensaio (como um pedaço da manta em lã e flores de uma tiara usada pela bebê).

album-sensorial (6)

Eles nunca haviam se deparado com algum trabalho para deficientes visuais. Marco já havia participado de palestras, e o Hayaks é credenciado pela SpecialKids, que visa a fotografia de crianças com necessidades especiais. Mas este caso foi diferente, pois a criança não tem deficiência visual, e sim os pais dela.

album-sensorial (5)

Conforme pesquisa do grupo esse é um trabalho inédito no mundo. UAU!

album-sensorial (3)

Produzir o álbum sensorial para o casal levou cerca de 9 meses pois foram diversos protótipos até chegarem ao resultado final. Mas os álbuns agora devem ser produzidos mais rapidamente pois o projeto já está desenvolvido e testado. Um álbum padrão fica pronto em 2 meses, em média.

album-sensorial (2)

O custo final do álbum depende de vários fatores mas uma coisa é certa, o grupo quer que mais pessoas tenham acesso a essa experiência. A ideia é lançarem um crowdfounding (financiamento coletivo) para que, com a colaboração de centenas de pessoas, eles possam desenvolver pelo menos mais uns 10 álbuns, e atingir mais famílias que tenham alguém com deficiência visual.

A mamãe da Natália, Carlise, também montou um blog para compartilhar seu dia-a-dia da maternidade sendo deficiente visual.

album-sensorial (1)

Essas novidades devem chegar em breve e ficaremos atentos para noticiar por aqui!

Lindo trabalho né?

Parabéns aos envolvidos e que venham os próximos!

Beijos
Lele

Tags: , ,

16 comentários em "Fotografia: álbum sensorial"

  1. Absolutamente incrível. É inclusão pura, poder proporcionar para uma família a sensação de conhecer e descobrir novos caminhos de sentir. Trabalho lindo.

  2. Carlise disse:

    Olá, somos eternamente gratos a Márcia por nos oportunizar o contato com o álbum censorial e “ver” com nossos “olhos” as fotos da nossa filha.

  3. Trabalho maravilhoso mesmo! A ideia é incrível! Parabéns ao grupo pelo lindo trabalho.
    E quando precisarem, é só entrar em contato que ajudo a divulgar!

  4. Que ideia incrivel. Eterniza o momento né?

  5. Bárbara disse:

    Muito lindo e emocionante! Que bom você conseguiu essa entrevista. Bjs

  6. Mi Gobbato disse:

    Vi a notícia pelo facebook e achei o máximo a idéia … E além de achar o gesto dela maravilhoso e me coloquei no lugar dos país se eu já fiquei feliz e emocionada imagina eles … Parabéns aos três pelo lindo gesto e dedicação ao trabalho

    bjs Mi Gobbato – Espaço das Mamães

  7. Laura disse:

    Que lindo! Nossa ameiii!

    Beijos, Laura
    http://www.maede2.com.br

  8. Oi Lelê, que ideia sensacional. Nossa, muito emocionante. Isso é pensar no outro, se colocar no lugar do outro, ter empatia.
    Amei
    Beijos
    Chris

  9. Gleysa disse:

    Trabalho lindo e perfeito!

    Nossa ideias assim que precisamos cada vez mais! Amei e amei!

    beijos
    Gleysa
    demamaeursa.blogspot.com

  10. Adriana disse:

    Achei o trabalho maravilhoso e de uma sensibilidade que me fez emocionar. Imagina a reação de pessoas que não tem condições ganhando um presente assim!!! Muito lindo❤️❤️❤️

  11. melissa disse:

    Eu fiquei super emocionada quando vi a matéria !! QUe fotógrafa carinhosa e sensível!!
    Adorei!

  12. Cléo Moretti disse:

    Que trabalho mais lindo!
    Chega dar vontade de chorar de imagina-los sentindo cada foto.

  13. Assisti essa reportagem no Fantastico (globo) e me emocionei com o cuidado e a empatia da fotógrafa!
    lindo e primoroso trabalho

    Parabéns pelo seu registro

    Estela
    http://www.equilibrioefamilia.com.br

  14. Tatiane disse:

    Eu assisti a reportagem é achei a fotógrafa perfeita com a sensibilidade de querer entregar algo assim, espero que se torne acessível a muitos.

  15. Laís Sass disse:

    Eu vi a matéria sobre eles no fantástico e AMEI! ainda existem pessoas com o coração bom! Parabéns!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana