Medicina integrativa: você sabe o que é?

Não é de hoje que a gente sabe que a atividade física é fundamental para o bom funcionamento do corpo, da mente (e quem sabe até do espírito) né?

E eu, que andei bem sedentária nos últimos 2 anos e pouco, retomei (de leve) minha rotina de exercícios. Nada muito pesado – não, não estou treinando para a São Silvestre heheh, mas a rotina de acordar cedo (quando os filhos não estão doentes e te deixam dormir a noite toda) e ir para o parque caminhar, correr, me alongar, tem me feito bem.

Só a rotina de exercícios não vai mudar meu estado geral, então voltei a ter mais atenção ao que como – quando como, porque como e assim por diante. Fora isso, estou tentando cuidar mais da cabeça, buscando o auto-conhecimento, um entendimento e a paz, de dentro pra fora.

Tudo isso (e um tanto mais de coisas) faz parte de algo que é chamado hoje de Medicina Integrativa, ou seja, aspectos multidisciplinares que te ajudam a prevenir e tratar doenças. Eu acredito na prevenção!

medicina integrativa

Matthew Kane

O que é Medicina Integrativa?

Dados estatísticos da Body-Mind Institute da Harvard Medical School mostram que de 60% a 90% das visitas ao médico estão relacionadas ao stress. O grande volume de evidências científicas comprova que a união da medicina convencional com a medicina complementar é o melhor caminho para lidar com a prevenção e o tratamento de doenças.

Dessa união nasceu a medicina integrativa, em pleno crescimento nos principais centros médicos de excelência pelo mundo.

Dr. Filippo Pedrinola – médico queridinho da high society (e que eu conheço porque atendi seu irmão por muitos anos na minha produtora), uniu tecnologias da saúde com o que há de mais atual nas ciências médicas para desenvolver um protocolo Wellness com duração de  oito semanas.

Um processo que conta com uma série de novas experiências em saúde que proporcionam uma transformação na vida das pessoas conectando de forma dinâmica a medicina, a atividade física, o manejo do estresse e da ansiedade, o espiritual e o hábito alimentar.

O Protocolo Wellness

medicina integrativa
Autumn Goodman

Endocrinologia

Todo o protocolo é coordenado pelo Dr. Filippo Pedrinola, que após uma primeira consulta recomenda um processo totalmente dinâmico, consciente e individualizado.

A endocrinologia é uma área da medicina extremamente ampla que estuda e monitora os transtornos das glândulas endócrinas que produzem os hormônios, nossos mensageiros químicos, com o propósito de restabelecer o equilíbrio de todo o organismo.

Biofeedback

Técnica que lança mão da tecnologia como ferramenta para identificar e treinar reflexo biológico, analisando a variabilidade dos batimentos cardíacos e treinando o que se chama de coerência cardiorrespiratória, valiosa ferramenta para controle de estresse e ansiedade. Por meio de exercícios gamificados, buscam o equilíbrio das atividades fisiológicas e emocionais do paciente. São métodos que envolvem técnicas como respiração, conscientização e relaxamento corporal. O protocolo envolve sessões semanais dessa técnica.

Medicina Diagnóstica

O paciente sai da primeira consulta com o endocrinologista com uma série de pedidos de exames laboratoriais de acordo com as necessidades individuais que podem ser realizados na própria clínica que oferece um posto de coleta do laboratório do Hospital Albert Einstein. Monitoramentos bioquímicos, hormonais e de imagem que vão dar suporte e promover um trabalho integrando todos os profissionais envolvidos no processo.

Nutrição

Durante o processo são realizados três encontros com a nutricionista da equipe para desenvolvimento e acompanhamento de um plano de alimentação que atenda às necessidades e objetivos individuais de cada paciente. A atenção é dada não só àquilo que o paciente come, mas a como ele come.

Inteligência Física

A Clínica Dr. Filippo Pedrinola mantém uma academia própria com atendimento totalmente individual em ambiente exclusivo. O protocolo contempla o atendimento de um personal trainer duas vezes por semana com tecnologia exclusiva de monitoramento cardíaco polar com resultados transmitidos em tempo real a todos os profissionais envolvidos no processo, respeitando o condicionamento físico de cada paciente e permitindo avaliar sua evolução.

Trata-se, de um circuito metabólico com conceito totalmente diferente do ambiente de uma academia tradicional.

Reprogramação Cognitiva e Mindfullness

O protocolo contempla quatro consultas com a psicoterapeuta alinhada ao trabalho de toda a equipe de Wellness da clínica. Os encontros envolvem sessões terapêuticas de reprogramação cognitiva e técnicas de mindfullness.

A reprogramação cognitiva busca despertar as capacidades próprias do paciente substituindo informações enraizadas na mente que atrapalham o autodesenvolvimento por registros positivos e evolutivos. Para potencializar os efeitos, a técnica é aliada a experiência mindfullness de meditação que despertam a consciência para guiar de forma mais assertiva as reações e escolhas do dia-a-dia.

Acupuntura

São previstas quatro sessões de acupuntura, ramo da medicina chinesa milenar que, por meio de agulhas metálicas em pontos precisos do corpo, trata diversas patologias físicas e emocionais como dores, ansiedade e insônia.

Tratamentos Estéticos

O paciente terá acesso a quatro sessões de tratamentos estéticos que serão introduzidos em seu protocolo personalizado de acordo com suas necessidades e objetivos. Junto com o médico vai montar uma agenda de procedimentos realizados dentro da própria clínica como tratamentos de celulite, estrias, marcas de expressão, acne, gordura localizada, entre outros.

Manejo do Estresse

No início do processo, o paciente realiza um diagnóstico de nível de estresse por meio de questionário validado internacionalmente que sugere caminhos e estratégias para lidar com o estresse e que permite o acompanhamento da evolução durante as oito semanas do protocolo. Além disso, o documento também serve de guia para o trabalho alinhado de todos os profissionais envolvidos.

O poder da atividade física

Se você quer dar o primeiro passo nesse sentido, comece com a atividade física – mas ANTES procure um médico!

De acordo com dados divulgados em maio desse ano pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 62,1% dos brasileiros com 15 anos ou mais não praticaram nenhum esporte ou atividade física, durante o ano de 2015. A pesquisa, realizada em parceria com o Ministério dos Esportes, também revelou que mais de 50% da população com idade entre 15 e 17 anos não pratica esportes porque não quer ou não gosta. E, ainda, mostra que a falta de prática de exercícios é maior entre as mulheres, muitas vezes, por falta de tempo.

Estes números retratam um quadro preocupante, que indica uma população jovem sedentária.

Caminhadas são uma ótima pedida, fazem bem e são muito agradáveis, devido ao contato com a natureza, quando se caminha ao ar livre.

“O primeiro passo é realizar uma avaliação médica, para verificar a existência de algum problema de saúde. Após realizar todos os exames solicitados e receber a liberação do profissional, escolha alguma atividade que lhe agrade. Não adianta iniciar com algo que não goste, pois a desmotivação o fará desistir logo”, explica Lucy Miyuki, diretora da assessoria esportiva Fitness Care.

Não existe uma fórmula mágica que torne mais fácil a prática de exercícios. É preciso ter bastante foco e dedicação, além de não forçar a barra insistindo em algum treino que lhe traz prazer ao realizar.

“Comece criando metas realistas, que sejam possíveis de alcançar. É fundamental se exercitar com prazer, por isso, opte por algo que lhe traga satisfação e te ajude a relaxar. Existem diversas opções disponíveis e, certamente, haverá uma que se encaixa com cada pessoa. Se exercitar regularmente e com prudência, só traz benefícios para a saúde do corpo e da mente!”, finaliza Lucy.

E aí? Vamos começar?

Beijos
Lele

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana