Mochila escolar – qual o peso ideal?

A maioria dos pais, com a volta às aulas, fica preocupado com a lancheira saudável. Mas, o que a maioria não se dá conta é que a mochila escolar, com os materiais de higiene pessoal e didáticos, também precisa ter um PESO saudável.

Qual a mochila ideal para o material

Com tudo dentro da mochila: estojo, cadernos, livros, pastas, produtos de higiene pessoal, PEDRAS (sim, eu tenho uma filha que coleciona PEDRAS) certamente haverá um excesso de peso que pode prejudicar a criança.

Ao longo do ano letivo, a criança carrega esses materiais por cerca de três horas, durante 200 dias. Por isso, se o peso da mochila não estiver adequado, ou seja, se não for o equivalente a até 15% do peso da criança, a sobrecarga pode causar, em longo prazo, um problema crônico, como a escoliose (deformidade da coluna).

De acordo com o ortopedista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Marco Aurélio Neves, as queixas mais comuns em crianças e adolescentes são de dores na lombar (parte de baixo da coluna), cervical (parte de cima) e nos ombros. “Na maioria dos casos, trata-se de um problema momentâneo gerado pela inflamação do músculo. Durante a crise, geralmente, são receitados analgésicos, anti-inflamatórios, fisioterapia e Reeducação Postural Global (RPG). Com essas medidas, o desconforto deve melhorar em poucos dias”, explica.

Ainda segundo o especialista, a criança moderna é a que mais sofre com o problema. “Isso acontece porque, além de carregar ainda mais equipamentos na mochila, a maioria das crianças passa boa parte do dia conectada ao videogame, computador e celular. Por terem uma vida sedentária, normalmente, estas ficam acima do peso e não têm uma boa postura”, alerta.

Para prevenir que os problemas nas costas se iniciem na infância, é preciso fazer alterações na rotina da criança. “É indicado que os pais regulem o tempo de uso dos eletrônicos e estimulem a criança a praticar atividades físicas para melhorar condicionamento e fortalecer a musculatura das costas. No futuro, essas pequenas iniciativas vão fazer uma grande diferença na saúde da coluna”, alerta o especialista.

Mochila escolar: modelos

Vale então atentar para os modelos de mochila escolar que podem ser melhores para o volume de material que o seu filho carrega.

Caso haja escaninho ou armário na escola/sala de aula a mochila carregada nas costas é a ideal. Pois parte do material ficará lá pelo menos nos dias de semana, indo e voltando segunda e sexta apenas.

Quando houver aula extra (natação, dança, judô e outros) vale a pena levar uma mochila a parte.

Invista também em malas com rodinhas. Elas são práticas e não sobrecarregam as costas.

Sem dúvida, com essas dicas, vamos evitar dores nas costas no curto, médio e longo prazo.

Beijos
Lele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana