Procurando Dory

Estive na cabine de imprensa para assistir Procurando Dory na última terça, dia 21. Pude levar as crianças e foi um programa delícia, com boas surpresas.

procurando dory

 

Eu sempre brinco que Dory é meu alter-ego. Muitas vezes, eu “sofro de perda de memória recente” heheh, especialmente se estou naqueles dias de mil atividades e coisas para fazer. Loucura.

procurando dory

Eu e eu! Apaixonada desde sempre por ela!

Brincadeiras a parte e fazendo uma análise do filme a minha recomendação é ASSISTAM!

Uma amiga minha diz que quando a gente é martelo, só vê prego pela frente. E é mais ou menos isso que acontece comigo quando leio livros, assisto filmes ou séries: fico sempre olhando pelo viés materno e de educação/criação dos filhos.

Nesse sentido, Procurando Dory foi uma GRATÍSSIMA surpresa. Explico: o filme Procurando Dory nos leva a refletir sobre a construção da memória na infância, sobre a construção dos vínculos afetivos entre pais e filhos.

Sem soltar spoiler mas dando uma aguçada na sua vontade de assistir a animação, Dory se perde da família e, como vimos em Procurando Nemo, ela não tem contato com os pais e nessa continuação ela sai em busca deles ao mesmo tempo que se perde dos amigos que saem em busca dela.

A busca é constante e não faltam momentos frenéticos, angustiantes e doces ao longo de todo o filme.

Dory é uma querida e faz amigos por onde passa. Descobrimos até a origem do baleiês!

Deixo aqui o trailer para vocês!

E depois da estreia (30/06) volto com um post mais reflexivo sobre o filme. <3

beijos

Lele

10 comentários em "Procurando Dory"

  1. Bárbara disse:

    Ansiosa para levar minha filha para assistir. Ótimo post!

  2. Eu acho que sou uma Dory tbm kkkkk, estou louca para assistir, já era fã do Procurando Nemo e adorava a Dory já

    Bjs Mi Gobbato – http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

  3. Cléo Moretti disse:

    Só aumentou meu desejo tipo 1000 vezes de assistir.
    beijinhos

  4. Também assisti ao filme na cabine de imprensa e fiquei encantada com a animação. É daqueles filmes que a gente ri e, ao mesmo tempo, se emociona. Bjs

  5. Eu adoraria ser convidada para uma cabine de imprensa! Mas como não fui, vamos assistir na estreia normal aqui em Goiania!
    Quero muito assistir!

  6. Gabi Miranda disse:

    Ahhhhhh, agora que vi seu post. O filme é maravilhoso em vários aspectos e tem isso tb dos laços e memória afetiva. Demais!!!!! Quero ver um milhão de vez. rsrsrs

  7. OI Lelê, estou doida para ver com as minhas filhas. Eu amo a Dory.
    beijos
    Chris

  8. Esperamos 13 anos p chorar no cinema com peixes de mentira. hahahaha

    Beijos

    Mi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana