Rotina do sono

Tenho certeza absoluta que uma das questões que mais preocupa (atormenta e estressa) pais, em qualquer fase dos filhos, é a tal Rotina do Sono!

Não é de hoje que eu abordo esse tema aqui no blog e, acho, continuarei abordando pois as rotinas mudam conforme muda a idade dos filhos, a fase escolar, os compromissos. Enfim, é um eterno RE-adaptar.

Porém, a rotina do sono, eu preciso confessar, sempre foi um pouco negligenciada aqui em casa.

Enquanto tínhamos apenas a Isabela tudo fluía bem e dentro do que mandam os manuais de mamães de primeira viagem. Porém, quando nasceu o Otavio as coisas começaram a ficar um pouco diferentes e desde então (e lá se vão 4 anos) nunca corrigimos.

Com Otavio bebezinho eu fazia toda a rotina do sono com ele (banho, mamada, soninho) e ele dormia sozinho, em seu berço, sem qualquer problema. Mas, tinha a Isa com 2 anos e pouco e uma mamãe exausta. Solução: o pai coloca a Isa pra dormir. Só que aí eles ficavam na sala e, invariavelmente, ela dormia assistindo TV. Sempre!

Depois de um tempo nem a TV a fazia dormir, pelo contrário. Sim! Nós sabemos que a TV estimula, que é um complicador.

Nessa fase Tato já não era mais bebê, a mamãe aqui continuava exausta e não conseguia (ou nem tentava – sim, eu admito) colocar os 2 na cama. Rolavam brincadeiras, leitura e eles até desaceleravam, mas se recusavam a ir para a cama dormir.

Num determinado momento percebemos (eu e o Ota) que eles só dormiam se eu já estivesse dormindo. E adotamos a tática: 22h eu ia para o quarto e dali a 5 minutos estavam os 2 dormindo na sala. Ota esperava o sono ficar mais pesado e os levava para o quarto.

Mas, vamos combinar? Não é justo nem saudável com o Ota nem com as crianças né?

Dormir na sala, esparramado no sofá (ou no puff ou no chão) e depois ser carregado para o quarto e acordar num lugar diferente de onde dormiu, não é legal. Não mesmo!

Enfim, dito tudo isso, e tendo tudo isso amadurecido em minha cabeça resolvi mudar!

Há algumas semanas, assim que voltamos de férias, eu resolvi que era a hora. Que eles (NÓS) precisavam dessa rotina, de aprender a dormir na cama, de entender o tempo do sono, de adormecer sem estímulos. Passei uns dias dizendo que a rotina do sono ia mudar, explicando porque e como seria.

Existem inúmeros benefícios da rotina do sono! Refletem no dia-a-dia da criança e na vida adulta também!

E começamos. Com rotina mesmo: 22h todos para o quarto, já escolhemos 1 livro ou 2, levo meu celular para servir de lanterna. Deito entre as camas, no chão, leio o livro, rezamos, dou boa noite e fecho os olhos. Otavio pede a minha mão mas logo adormece e solta. Isa pede a minha mão e repete o ritual do irmão.

Na primeira noite – demoraram 25 minutos.

Na segunda noite – demoraram 15 minutos.

De lá pra cá essa tem sido a média: 15 ou 20 minutos até adormecerem.

Eu levanto, bem quietinha, aceno o V de vitória para o Ota HAHHAAH e vou para o meu quarto ler um pouco antes de dormir.

Todos os dias que fomos para o quarto eles dormiram no quarto. Existem exceções para os finais de semana (sexta e sábado). Domingo todos na cama e no quarto de novo.

Eles precisam entender os benefícios da rotina do sono e, acredito, estão entendendo.

E eu, tendo uma paciência exemplar. Sem brigar com eles, sem apressá-los. Mesmo quando o Otavio ficou se virando na cama por 1 hora (na noite passada! heheh) antes de dormir. UHHU!!

Finalmente uma rotina de sono, eu quase joguei a toalha mas nunca é tarde para retomar as rédeas e rever hábitos.

Para terminar, você sabe quanto seu filho precisa dormir?

Depois me contem como é a rotina aí na casa de vocês. Tem ou não tem? Desde bebezinhos ou só quando ficaram maiores. E, se tiverem sugestões deixem aqui nos comentários!

beijos
Lele

Tags: , ,

8 comentários em "Rotina do sono"

  1. Muito legal o post, Le! Aqui tb vão as 22h pra cama e pedem história (confesso que as vezes eu agradeço qdo eles esquecem de pedir, mimata rs) Ano que vem vamos precisar mudar a rotina porque eles vão estudar de manhã (estou mais medo do que eles rs). Thi já é mais resistente pra se adaptar a rotina, diz q nao sente sono ao deitar, e sempre acorda mais cedo do que o irmão, mas nao se rebela porque sabe q é importante estar descansado para aproveitar bem o dia! beijo queridos

    1. É, confesso que aqui ainda rola a resistência.
      Mas acho que é hábito.
      Isa tem adorado acordar mais cedo, percebeu que o dia rende! heheh

      beijao
      Le

  2. leliane disse:

    Le,
    minha filha ja ta com 8 anos, e ainda bem nunca fpo um problema para durmir sem estimulos, ja dorme no cantinho dela, na hora que peço e sem precisar que eu fique com ela (mais varias vezes fico). o meu maior problema sao a quantidade de horas que ela dorme.
    Ela durmia as 9e 30, mais como tenho chegado mais tarde da aula, ela dorme entre 10 e 10 e30h. mais o maximo que acorda é as 8, isso quando nao é as 7 (ou antes)
    não sei pq ela dorme de 8 a 9 horas por noite,e n o recomendado, nem final de semana consigo :(

    1. Oi Leliane!
      Se ela se sente bem e não tem problemas no desenvolvimento, acho que pela idade está ok.
      O bom é sempre conversar com a pediatra e analisar o conjunto.
      Tem crianças que tem uma necessidade menor de dormir mesmo né?
      beijo grande
      Lele

  3. Fabi disse:

    Oi Helena, bem legal o seu post! Esse é um dos temas mais lidos no meu blog. Olha, por enquanto, eu estou tendo sorte porque o Serginho já aprendeu a dormir sozinho, no berço. Acho que o segredo é mesmo ter uma rotina de sono. Aqui em casa é banho + pijama + leitinho + hora de nanar. Boa sorte! bjs Fabi
    http://mamaepratica.com.br/

    1. Pois é Fabi!
      Enquanto eu tinha só uma e era berço a rotina era certinha… mas eles crescem, veio o irmão e bagunçou tudo!
      Mas acho que agora estamos no caminho.
      beijos
      Lele

  4. Gabi Miranda disse:

    É um dos maiores problemas da minha casa. Nossa rotina de sono é zero. Eu tento, tento e tento, abro mão, tento novamente. É uma batalha.
    Beijos

    1. Gabis,
      já percebi que o maior problema é a nossa persistência…
      eu já tentei outras vezes, mas sem convicção sabe?
      Agora to firme no propósito.
      beijos
      Le

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2008-2019 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana