A expansão rápida da maxila

Otavio está usando aparelho fixo. Dentre os vários atendimentos que ele está fazendo, identificamos a necessidade do aparelho nesse momento, para evitar futuras cirurgias mais invasivas, para fazer a expansão rápida da maxila, ou seja, do céu da boca.

Ele chupou o dedo até os 5 anos e isso pode ter atrapalhado a boa formação do céu da boca.

Todo o tratamento está sendo feito na Defendi Odontologia, com a Dra Adriana Dell’Aquila Defendi. Ela tem muita didática e paciência, e Tato AMA os dias de consulta! E para explicar melhor para as famílias o que faz esse aparelho, ela mesma conta para nós!

A expansão rápida da maxila

O procedimento de expansão rápida da maxila pode ser indicado por alguns motivos. Um deles é a mordida cruzada posterior, que é a situação em que os dentes de trás superiores estão cruzados com os inferiores, mordendo por dentro.

Outro é quando há falta de espaço na arcada dentária; a expansão maxilar deixa o arco mais
largo, e com isso, provê mais espaço para o posicionamento dos dentes e também em alguns outros casos mais complexos.

O que acontece durante a expansão rápida da maxila?

A maxila é um osso composto por duas partes, a maxila direita e a esquerda, conhecida como Céu da boca. Nas crianças ela é unida por uma cartilagem, mais mole que o osso . As maxilas podem ser separadas enquanto ainda não estão calcificadas através de um aparelho ortodôntico específico , o expansor.

É um aparelho muito simples de usar, os próprios pais fazem ativações diárias de acordo com a orientação do Ortodontista e ao final da separação, novo osso e cartilagem serão formados nessa região, unificando novamente as duas maxilas em uma só.

O movimento é bem rápido, durando poucas semanas. Após isso, é muito importante que o aparelho seja mantido no lugar para evitar que a expansão seja perdida.

É um tratamento muito rápido , eficaz e sem dor!

O processo de expansão

 

No momento, já encerramos o processo de expansão e o aparelho está na boca até que a fase de sendimentação aconteça (cerca de 6 meses!).

Otavio está super adaptado. Sem dores ou incômodos.

Procure sempre um profissional de sua confiança para procedimentos médicos!

beijos
Lele

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2008-2018 © Eu e as crianças | Criação: Helena Sordili | Desenvolvimento: Carranca Design Carranca Design por Felipe Viana